segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Alguém

Alguém que não deixe brecha para dúvidas; que não faça com peso de afirmativas, as suas perguntas; que 'apague com um beijo as armaguras da vida' e me faça não querer ir trabalhar.

Alguém com quem observar em silêncio as sombras juntas, para quem contar os sonhos e trocar olhares de mãos dadas.

Alguém que me faça querer ter o conhecido antes e ao mesmo tempo compreender que essa foi a melhor hora.

Alguém de fidelidade, postura correta e charme natural.

Alguém que não assassine o diálogo, que não me deixe faltar em surpresas e de bom gosto musical.

Alguém que me complique a vida com tamanha intromissão e depois me ajude a descomplicar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário