quinta-feira, 5 de agosto de 2010

"Corações doentes precisam de repouso e tratamento"

"Uma menina me ensinou... quase tudo o que sei. Era quase escravidão, mas ela me tratava como um rei. Ela tinha muitos planos, mas eu queria estar ali, sempre ao lado dela, eu não tinha mais pra onde ir. Ela também estava perdida, e por isso também se agarrava a mim. Não tínhamos mais ninguém... E ela dizia que ainda é cedo, ainda é cedo. Um dia ela disse: eu não sei mais o que sinto por você... Vamos dar um tempo, um dia a gente se vê".

E o que sinto, apenas dor.
Mas hoje eu sei que tudo passa...
Ah! Como eu sei!

Nenhum comentário:

Postar um comentário